Faça-se associado da AIMinho
Bolsa de Formadores 2014
Aiminho.pt

aiminho - Associação Empresarial

Portal de negócios






Soluciona
Email para envio de notícias de Associados
Clube do Empresário

O Minho

Mercado de Trabalho


No ano de 2011, quase todos os concelhos do Minho apresentam uma taxa de desemprego superior à média nacional e Região Norte, contudo denota-se uma maior incidência de desempregados nos concelhos de Vieira do Minho, Fafe, Vila Nova de Famalicão, Terras de Bouro, Cabeceiras de Basto, Celorico de Basto, Amares, Vizela e Guimarães, sendo notória a disparidade entre a taxa de desemprego das mulheres face à dos homens (apresentado valores significativamente superiores).

 

Taxa de desemprego por concelho, 2011

 

Fonte: PORDATA

 

 

Fonte: PORDATA

 

No que concerne ao ganho médio mensal, no ano de 2009, em Portugal era de 1.034,20€ (acréscimo de 2,6% face ao ano anterior) sendo no Norte de 901,4€ (correspondendo a pouco mais de 87% da média nacional), fortemente impulsionado pelo Grande Porto. Efetuando uma análise dos concelhos do Minho, verifica-se que em 2009, todos apresentam um ganho médio mensal inferior à média nacional, e excetuando Braga (907,8€) à media da Região Norte (Viana do Castelo apresenta valores muito próximos da Região Norte – 901,2€).

 


 

Fonte: INE e PORDATA

 

Por setor de atividade, verifica-se que apenas os trabalhadores do setor terciário ganhavam acima da média (cerca de 5,2%). Na Região Norte o ganho médio é apenas 87,2% da média nacional, sendo que os trabalhadores do setor terciário ganham 7,6% acima da média da região, mas 6,3% abaixo da média nacional.

 

 

Fonte: PORDATA

 

agenda


sugestoes


montra de associados