Faça-se associado da AIMinho
Banner Balcão AIMinho 2020
Aiminho.pt

aiminho - Associação Empresarial

Portal de negócios






Soluciona
Email para envio de notícias de Associados
Clube do Empresário

Notícias

2009-04-02 Região Norte defende gestão autónoma do Aeroporto Sá Carneiro

A gestão do Aeroporto Sá Carneiro deverá ser autónoma relativamente ao novo aeroporto de Lisboa. Esta foi a palavra de ordem do debate promovido, em Ponte de Lima, pela AIMinho- Associação Empresarial, pela Câmara Municipal de Ponte de Lima, pela Junta Metropolitana do Porto (JMP), pela Associação Empresarial de Portugal, pela Associação Comercial do Porto e pela Associação Industrial do Distrito de Aveiro, e que reflecte a posição da Região Norte relativamente a esta temática.

 

Este debate centrou-se no estudo realizado pela Faculdade de Economia do Porto e pela Deloitte sobre o modelo de gestão do Aeroporto Sá Carneiro mais indicado para o desenvolvimento da região. O estudo afasta o cenário de uma gestão conjunta dos aeroportos nacionais, alegando existir uma diferença nas vocações dos aeroportos de Lisboa, Faro, Porto e Funchal.

 

Nesse sentido, defende também que o modelo mais indicado para o desenvolvimento da região passa por uma parceria público/privada, em que a parte pública seria assegurada por entidades locais e regionais.

 

António Marques mostrou-se satisfeito com esta parceria que “junta, pela primeira vez, um conjunto de entidades, sem qualquer credo ou interesses partidários, no sentido de defender a melhor solução para o desenvolvimento da região Norte e que passa, sem dúvida, por uma gestão mais próxima”. Na opinião do presidente da AIMinho, “as prioridades da região Norte não serão tão bem acomodadas se a gestão for centralizada”.

 

Rui Rio corroborou a ideia salientando que este assunto “é decisivo para o futuro da região Norte”. Para o presidente da Junta Metropolitana do Porto, o modelo autónomo de gestão evitará que o Aeroporto Sá Carneiro fique "ao serviço do financiamento do novo aeroporto de Lisboa". Rui Moreira, presidente da Associação Comercial do Porto, defendeu mesmo que “não podemos deixar que o nosso aeroporto seja enxoval”.

 

Cristina Barbot, da Faculdade de Economia do Porto, revelou o crescimento de 14 por cento do Aeroporto Francisco Sá Carneiro, em 2008, o que demonstra a dinâmica da região Norte. Baseando-se sobretudo na análise da gestão de alguns aeroportos internacionais, o estudo evidenciou mesmo que “nada recomenda uma sociedade gestora única de aeroportos”.

 

Este debate em Ponte de Lima encerrou um ciclo sobre o modelo de gestão do Aeroporto Sá Carneiro realizado na região Norte. Idênticas iniciativas já tinham decorrido em Bragança e em Vila Real, no sentido de informar as populações sobre a importância da gestão autónoma do Aeroporto Sá Carneiro.







Bookmark and Share

ver acção acção acção News AIMinho


Veja também:






Início | Anterior | 1 | 2 | 3 | 4 | Próxima | Fim

agenda


sugestoes


montra de associados