Faça-se associado da AIMinho
Banner Balcão AIMinho 2020
Aiminho.pt

aiminho - Associação Empresarial

Portal de negócios






Soluciona
Email para envio de notícias de Associados
Clube do Empresário

Notícias

2011-05-27 Inovação para ser mais valia tem de ser aplicada no mercado

Portugal da inovação e da ciência progrediu imenso mas ainda há trabalho a fazer. Esta foi a principal ideia que ficou no ar no seminário levado a cabo, recentemente, pela AIMinho, a Enterprise Europe Network e a Cotec, com o título «Inovação e Competitividade».


“Existe um problema transversal à sociedade e à vida colectiva nacional, é a sobreutilização de recursos e um défice de resultados”, alertou Daniel Bessa, director-geral da Cotec e antigo ministro da Economia.


Na sua opinião, não se trata apenas de um problema do processo de inovação, há uma confusão entre vontade e execução, entre intenção de inovação e o output real. “A investigação e desenvolvimento (I&D) é uma das componentes mais promissoras da inovação, mas a inovação é muito mais que isso, é uma atitude”, afirmou.


Daniel Bessa defendeu ainda a substituição dos incentivos financeiros por incentivos fiscais. Esta alteração promoverá, segundo o orador, uma maior transparência. O apoio fiscal poderá ser feito através da isenção de IRS das mais-valias obtidas com a transmissão de empresas, exemplificou.


Os incentivos financeiros não estão a ser devidamente aproveitados, perdendo eficácia. Parte dos 18 mil milhões de euros de linhas de crédito de apoio às PME aprovadas pelo Governo nos últimos anos perderam-se, relembrou o director-geral da Cotec.


Para o presidente da AIMinho, António Marques, existe uma realidade inseparável da inovação, e igualmente essencial, a qualificação. “A realidade económica está a mudar todos os dias e para acompanhar é necessário ter a capacidade de absorver e compreender todas essas mudanças e adquirir novos conhecimentos, pelo que a inovação tem de ser sempre acompanhada pela qualificação”, explicou.


Portugal precisa, segundo António Marques, de melhores empresas, assentes em melhores empresários e colaboradores, e a inovação é o motor do sucesso transversal a todas as áreas da empresa. Nas suas palavras, “é necessário reinventar a organização principalmente no seu elemento de diferenciação”.


No decorrer da conferência, foram apresentadas várias actividades promovidas pela Cotec Portugal, tais como a Iniciativa de Desenvolvimento Sustentado de Inovação Empresarial (DSIE), a Rede PME Inovação e o Barómetro de Inovação, bem como as oportunidades para as empresas decorrentes da Enterprise Europe Network.


Esta sessão teve como principal objectivo sensibilizar os empresários para o papel da gestão da inovação na competitividade das empresas, promovendo o desenvolvimento e difusão de uma cultura e de uma prática de inovação.
 







Bookmark and Share

ver acção acção acção News AIMinho


Veja também:






Início | Anterior | 1 | 2 | 3 | 4 | Próxima | Fim

agenda


sugestoes


montra de associados